fbpx

Lei de Salão Parceiro: Como posso atrair melhores profissionais e mais clientes

O setor da beleza está em constante crescimento e devido aos benefícios desse mercado de trabalho várias pessoas estão procurando se profissionalizar para poderem atuar nesse ramo.

O público feminino já não é mais o único a se beneficiar dos serviços proporcionados por esse setor, já que os homens estão cada vez mais desfrutando dos serviços.

Mudanças e novidades atingem esse mercado todos os dias e um exemplo disso é a lei do Salão Parceiro.

A lei do Salão Parceiro proporciona diversas vantagens para os proprietários e profissionais do setor da beleza e desde que entrou em vigor transformou essa área de trabalho.

A Lei do Salão Parceiro, quando utilizada estrategicamente tem a vantagem de conseguir profissionais de qualidade para um estabelecimento, que é uma ótima forma de conseguir novos clientes.

Já pensou como conseguir profissionais e clientes por meio da lei Salão Parceiro? Entenda.

Salão parceiro atraindo profissionais de qualidade e clientes utilizando estratégias de marketing digital

Quando os proprietários de estabelecimentos de beleza estiverem abertos ao contrato de parceria com algum profissional diversas vantagens poderão ser desfrutas com essa decisão.

Essas vantagens são ótimas não só para os empreendedores donos de salões de beleza, elas são também benéficas para os profissionais parceiros que optam por trabalhar nessa modalidade.

O empreendedor poderá então investir em marketing digital e utilizar a lei do Salão Parceiro para atrair profissionais e clientes.

Conscientize os profissionais e clientes do que se trata essa lei

O primeiro passo é divulgar, utilizando um blog, nas redes sociais e até mesmo no site do empreendimento.

O proprietário poderá apresentar quais são os benefícios dessa lei e como isso é benéfico para ambas partes.

Muitas pessoas não sabem da existência da lei e de como ela regulariza a situação de diversos profissionais da beleza.

Desta maneira, clientes e profissionais irão entender melhor sobre o funcionamento do Salão Parceiro e poderão ser atraídos ao estabelecimento de beleza.

O gestor deverá apresentar as vantagens da lei para para os parceiros, aumentando a possibilidade de o trabalhador aderir à lei.

Em diversos cenários os profissionais da beleza se encontram como autônomos ou seguem apenas acordos estabelecidos oralmente, o que facilita a quebra de regras e isso é algo muito ruim para as duas partes.

Uma ótima vantagem de regularizar o estabelecimento e os profissionais é que isso pode atrair mais clientes, pois é comum que as pessoas prefiram frequentar um local que siga normas.

A lei do Salão Parceiro é uma forma de passar credibilidade aos clientes e eles percebem como se trata de um negócio sério, onde o proprietário e o profissional se preocupam com as leis.

Muitos profissionais de qualidade serão atraídos por proprietários que desejam estabelecer parceria e quanto mais profissional de qualidade o estabelecimento contratar, mais clientes serão atraídos.

As pessoas estão cada vez mais buscando pelos melhores trabalhadores e pelos serviços mais excelentes dentro de um mercado de trabalho.

Divulgue que o estabelecimento está aderindo a lei do Salão Parceiro

Deixe claro em todos os meios de comunicação, como blog, Facebook, Instagram e no site do empreendimento, que os trabalhadores daquele local, o proprietário e os profissionais da beleza são parceiro devido a lei do Salão Parceiro.

As pessoas da região irão gostar de saber que o Salão Parceiro é uma realidade na localidade.

Fazer a divulgação continua dessa característica sobre o estabelecimento é muito importante também, desta forma, quando aparecer uma pessoa nova na cidade, ela também saberá desse fator importante sobre o salão.

Afinal, quais são os outros motivos que fazem os proprietários de salões e profissionais da beleza aderirem a lei do Salão Parceiro?

Segurança de trabalho para o empreendedor e para o profissional

O profissional e o salão parceiro deverão assinar o contrato de parceria, ou seja, há um documento que proporciona segurança as duas partes.

Algumas cláusulas obrigatórias desse contrato são:

  • O percentual recebido na parceria;
  • O que cada uma das partes deverá fazer diante a manutenção e a higienização de equipamentos e matérias de trabalho;
  • Possibilidade de haver rescisão unilateral do contrato e o aviso prévio de 30 dias.
  • Entre outras.

Valor distribuído entre as partes é legalmente estipulado

O contrato possui validade legal, sendo assim, tudo o que estiver escrito no contrato deverá ser seguido pelas duas partes.

Os valores dos serviços são estabelecidos entre as partes, e ambas são responsáveis pela e sendo assim, o que for estipulado em teoria deverá acontecer na prática.

Portanto, o contrato deve ser bom para as duas partes, independemente de como a divisão for realizada.

Lembre-se, o contrato para ter validade precisa ser homologado. Lei mais AQUI.

Gostou desse artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais!

Compartilhe:

Posts Relacionados:

Tem Alguma Dúvida? Fale Comigo!